Curso de Administração

De acordo com a Resolução n° 4 de 13 de julho de 2005, entende-se como “Atividades Complementares os componentes curriculares que possibilitam o reconhecimento, por avaliação, de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar, incluindo a prática de estudos e atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações de extensão junto à comunidade. As Atividades Complementares se constituem componentes curriculares enriquecedores e implementadores do próprio perfil do formando, sem que se confundam com estágio curricular supervisionado”.
As Atividades Complementares, direcionam à prática de estudos independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, de permanente e contextualizada atualização profissional
específica, suas relações com o mundo do trabalho, estabelecidas ao longo do curso, notadamente interligando-as às diversas peculiaridades regionais e culturais.
As atividades complementares são mecanismos utilizados para sociabilizar a teoria com a prática e proporcionar ao aluno sua interação no meio ao qual esta inserida por meio de Projetos de Iniciação Cientifica ou Cursos de Extensão, Congressos, Seminários, Monitorias e Estágios Voluntários. Estas atividades serão integralizadas e registradas no seu histórico escolar mediante
comprovação, por documentos, em atividades desta natureza. A instituição poderá proceder de forma que o acadêmico possa acumular tais atividades de até no máximo 15% da carga horária total do curso.
O acadêmico solicitará a cada semestre o registro destas atividades em conformidade com a programação do ano letivo da instituição. O discente terá como apoio um direcionamento para o desenvolvimento das atividades concernentes a sua especialização. Neste quadro exposto, o aluno do curso de Administração deverá comprovar 200 horas de atividades complementares através das modalidades citadas acima. As atividades serão realizadas durante  curso sendo de 30 horas por semestre, mínimo, quando possível.

Atividades
 Estágios registrados como atividades de Extensão;
 Monitoria (remunerada e ou voluntária) em disciplinas afins;
 Bolsa de Estudo e Pesquisa oferecidas por órgãos de fomento a Pesquisa (FAPEAM /PIBIC);
 Desenvolvimento de núcleos de pesquisas ou grupos de pesquisas de estudo;
 Empresa de consultorias (Empresa Modelo);

 

Curso de Ciências Teológicas

O projeto do curso de Ciências Teológicas da Faculdade Boas Novas de  Ciências Teológicas, Sociais e Biotecnológicas, por exigência das novas  Diretrizes Curriculares CNE/CES nº 60/2014, que prevê a realização de 200 horas de atividades complementares de graduação. As Diretrizes estabelecem que as atividades complementares sejam componentes curriculares não obrigatórios que possibilitam o reconhecimento de habilidades, conhecimento e competências, úteis para enriquecimento e formação do aluno.
As atividades devem ser realizadas no decorrer do curso e com devida orientação, supervisão de docentes do curso. De acordo com as Diretrizes são consideradas Atividades Complementares:
• Atividades de ensino podem englobar disciplinas oferecidas pela própria Faculdade, mas não previstas em seu currículo pleno, cursos e/ou disciplinas realizadas em outras instituições, desde que com anuência prévia da Faculdade.
• Atividades de extensão são participações em seminários, palestras, congressos, conferências, encontros, cursos de atualização e similares, estágios extracurriculares, participação em ações de extensão promovidas pela Faculdade.
• Atividades de pesquisa prevê a participação em projetos de pesquisas desenvolvidos na FBNCTSB, ou em outra IES, espaço de pesquisa reconhecido legalmente como tal. Publicação de pesquisa em evento científico ou publicação em fontes de referencia acadêmica, impressa ou de acesso online, livros, capítulos de livros, periódicos. Participação na condição de conferencista, ou debatedor, com apresentação de trabalhos em eventos que tratam da pesquisa, como seminário, congresso, simpósios, semanas acadêmicas.

 

Curso de Jornalismo

As Atividades Integradoras consistem em buscar novidades pedagógicas, com o objetivo relacionar a prática do cotidiano tanto na vida profissional como mostrar a realidade social. As atividades Integradoras são aquelas que, sob a orientação docente e aprovados pelo Núcleo Docente Estruturante são desenvolvidas através de suportes pedagógicos em espaços extraclasse como: oficinas, visitas técnicas, estudos dirigidos, seminários, projetos, atividades em biblioteca, estudo de caso, entre outros.
As atividades integradoras não são acrescidas à carga horária do docente e não devem ser realizadas nos horários das atividades presenciais. Tão pouco serem utilizadas para reposição de aulas.

 Desenvolvimento e ou participação em eventos que articulam ensino, pesquisa e extensão
(Semana do Administrador Público; ENEAD; ENEGEP; ABEP; ANPAD; Eventos locais);
 Organização e participação em simpósios temáticos;
 Cursos de aperfeiçoamento e qualificação profissional relacionados a área da administração.

 

Curso de Pedagogia

As Atividades Complementares tem como objetivo estimular a prática de estudos independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, de permanente e contextualizada atualização profissional específica, sobretudo nas relações com o mundo do trabalho, estabelecidas ao longo do curso.
Constituem-se em atividade curricular obrigatória com carga horária de 200 (duzentas) horas, assim organizadas no curso de pedagogia da FBN:
1. Atividades Integradoras: seminários de socialização previstos na matriz curricular, que são atividades interdisciplinares coordenadas pelos professores do período. Os seminários têm por objetivo alem do trabalho interdisciplinar, a produção e difusão do conhecimento científico através: publicações, exposições de painéis,exposição oral dos resultados de pesquisa de campo entre outros. As atividades Integradoras equivalem a 120 horas distribuídas ao longo do curso.
2. Atividades Independentes: monitorias, estágios curriculares não obrigatórios, participação em atividades de pesquisa e de extensão, bem como de palestras, oficinas e cursos ministrados ou não pela Instituição. As Atividades independentes equivalem a 80 horas e devem ser cumpridas até a conclusão do curso.