Jornalismo realiza júri simulado

Acadêmicos do terceiro período do curso de Jornalismo, realizaram na noite desta sexta-feira (12), um júri simulado que teve como tema a reforma da previdência. O trabalho foi coordenado pela professora Marta Silveira, da disciplina Interpretação e Redação Jornalística. Os acadêmicos participantes foram divididos em dois grupos: a favor e contra a Reforma.
 
A atividade contou com todos os personagens de um  júri: juiz, advogado de defesa, promotor e testemunhas. Pesquisas e debates sobre os principais pontos da proposta da nova lei foram promovidos pelos grupos nas aulas antes da realização do simulado.
 
Para a professora Marta, o objetivo foi oferecer uma metodologia diferenciada sobre o assunto e dar oportunidade aos alunos no desenvolvimento dos argumentos, que também fazem parte do jornalismo. “O júri simulado é uma estratégia de ensino a ser adotada quando se trata de um assunto polêmico ou que, perceptivelmente, divide opiniões. Isso porque permite que sejam discutidos vários pontos de um mesmo tema, auxiliando no processo de construção e desconstrução de conceitos. Além disso, instiga o senso crítico”, destacou.
 
Por ordem de sorteio cada advogado teve três minutos para interrogar as testemunhas sobre o motivo que o levava ser contra ou a favor da reforma previdenciária, dois minutos para cada advogados explanar o assunto sobre o seu ponto de vista e três minutos para cada advogado em réplica e tréplica
 
A acadêmica do curso, Renata Braga, que interpretou uma advogada percebeu a associação do que foi apresentado com a apuração jornalística. “Foi uma experiência diferenciada e que acrescentou muito na minha vida em termo de conhecimento, muito do que foi falado eu desconhecia, quando iniciamos a pesquisa descobrimos as informações e associamos a apuração dos fatos e a necessidade de ir em busca de outras e formar os argumentos. Foi uma oportunidade única”, disse.
 
O espaço utilizado para a atividade é a sala real do júri simulado do curso de Direito, o novo curso da FBN.
 
— — —
Texto: Benedito Lima – acadêmico de Jornalismo
 
 
 

No comments yet! You be the first to comment.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *